YoroKonde //Version WP Em breve estaremos com o site ^^ Aguardem!


Anime Blade!
outubro 13, 2007, 11:20 pm
Filed under: News | Tags: , , , ,

Bom, pessoal… Estamos cadastrado na Anime Blade ^^

Então, agora que o pessoal pode ficar mais ligado nas nossas atualizações… Vamos a todos os lançamentos até agora.

Forbidden Phrase Vol. único Cap. 1
Tradução: Misaki
Edição: Misaki
Revisão: Yuurei

Forbidden Phrase Vol. único Cap. 2
Tradução:  Yue
Edição: Misaki
Revisão: Yue

Hanasaki Sentimental Vol. único Cap. 1
Tradução: Yuurei
Edição: Misaki
Revisão: Yuurei

Suzumiya Haruhi no Yuuutsu Vol. 1 Cap. 1
Tradução: Yuurei
Edição: Homuro
Revisão: Yuurei

Espero que gostem e nos ajudem a crescer cada vez mais! ^^
Não se esqueçam de ler o tópico de staffs para fazer parte da equipe! Quanto mais gente, mais projetos!

Beijos e bom fim de semana!

Anúncios


Testes (tradutor e editor de mangás)
setembro 28, 2007, 4:15 pm
Filed under: News | Tags: , ,

Olá!
Vamos colocar aqui os testes para quem quer fazer parte da equipe (mangás)
Para ser editor, você precisará editar algumas páginas de um mangá (já vem com tradução, claro) e mandar para yorokondefansub@gmail.com
Link para o arquivo
Mandar em anexo com o título [mangás] Staff Editor.

Não esquecer de responder ás seguintes perguntas:

Nome:
Idade:
Disponibilidade: Pouca/Razoável/Bastante
Área: Mangás
Habilidade: Tradutor/Editor
E-mail:

Exemplo

Nome: Misaki
Idade: 17 anos
Disponibilidade: Razoável
Área: Mangás
Habilidade: Tradutor, Editor e Revisor
E-mail: sak.no.miko@gmail.com

Para ser tradutor é simples. Basta pegar esse arquivo, traduzir e mandar anexado para yorokondefansub@gmail.com com o título [mangás] Staff Tradutor respondendo as perguntas acima.

Só isso! ^^ Fácil, não?
E outra… Não precisa ter experiência! Caso precise de ajuda, esse site ensina passo-a-passo a editar um mangá.
Contamos com a ajuda de vocês!

Logo colocarei testes para revisor e quality checker!
Beijos! \o/



Forbidden Phrase
agosto 26, 2007, 2:51 am
Filed under: Forbidden Phrase

Resumo: Em breve.
Gênero: Shoujo
Autora: Anisaki Yuna
Volumes: 1 (finalizado)

Forbidden Phrase Vol. único Cap. 1
Tradução: Misaki
Edição: Misaki
Revisão: Yuurei

Forbidden Phrase Vol. único Cap. 2
Tradução:  Yue
Edição: Misaki
Revisão: Yue



Olá!
julho 29, 2007, 11:37 pm
Filed under: News

E aí, gente ^^ Primeiro post da Yorokonde… Tô tão emocionada ;_; Bom… Mesmo sendo o primeiro post e eu estar emocionada, não teremos lançamentos por enquanto ^^ Mas, pra semana que vem, teremos nosso primeiro projeto no ar. Suzumiya Haruhi-chan, o mangá! Estamos começando com o pé direito e fazendo parceria com a OANG! Não deixem de conferir seus projetos também. E como não poderia faltar… As vagas para staff em breve estarão abertas. As vagas são para:

Mangás: Tradutores (inglês, espanhol), editores, cleaners, quality checks, revisores (português, inglês, espanhol)
Animes: Tradutores, timers, encoders, karaokê e uploaders

Também estamos interessados em domínios! Então, se você tiver espaço em algum domínio e quiser doar para a gente, agradeceremos imensamente.

Agora, nossos projetos principais e seus devidos resumos ^^ Espero que gostem, e até o próximo post!

Equipe Yorokonde.

Tsukihime (anime)

Quando criança, Tohno Shiki sofreu um terrível acidente que quase o matou. Quando acordou, notou que poderia ver linhas nos objetos e pessoas das quais ninguém além dele poderia ver. Posteriormente uma enigmática mulher deu ao Tohno um óculos que removia todas as linhas de sua visão. Anos depois – devido a sua saúde frágil – retornou para a casa de sua irmã, justamente quando uma onda de misteriosos assassinatos teve inicio na cidade. O que serão as estranhas linhas que somente ele é capaz de ver? E terá ele conexão com as mortes?

Com uma perspectiva diferente das estórias habituais de vampiro, Shingetsutan Tsukihime é mais mistério e drama do que é horror.

Sendo que na maior parte da série os personagens são banhados pelo fulgor do crepúsculo ou engolfados pela escuridão da noite, a arte-final ocasiona uma perfeita atmosfera para a estória. Enquanto que a trilha sonora, relativamente escassa mas intensa, tem um tom que se ajusta perfeitamente na animação e enredo misterioso.

Enquanto Shiki tenta desvendar o enigma formado por suas memórias, a maioria dos espectadores deverão se sentir envolvidos na solução do quebra-cabeças. Entretanto, o maior mistério acaba sendo a personagem do título, Arcueid, que recebe menas atenção do que realmente merece. Parte do seu passado são revelados por um outro personagem e seu ponto de vista pouco é mostrado. Um outro personagem importante com potencial para um fundo psicológico detalhado e interessante é Ciel, mas que também nos frusta com pouco detalhes sobre si e sua perspectiva. Talvez mais foco nestes dois personagens deixariam o espectador mais envolvido com seus papéis na estória. Embora isso não seja realmente um defeito, pois o anime simplesmente pode ter escolhido seguir por um caminho mais sutil, deixando para as pessoas sua interpretação.

(Review por Oryon – Anime Blade)

Suzumiya Haruhi no Yuutsu (mangá)

Em seu primeiro dia no segundo grau, Suzumiya Haruhi – durante a apresentação dos alunos – comenta que as únicas pessoas das quais esta interessada são aliens, espers e viajantes do tempo. Intrigado com sua atitude excêntrica e ao mesmo tempo irritado com seu comportamento mandão, Kyon começa a dialogar com ela e é prontamente arrastado junto quando Haruhi decidi começar seu próprio clube na escola, o SOS Brigade: ‘Save the world by Overflowing it with fun with Suzumiya Haruhi Brigade’ (Brigada ‘Salve o mundo enchendo-o de diversão com Suzumiya Haruhi’).

Quando o personagem principal chega ao ponto de decidir a sequência em que os episódios devem ser vistos, você irá notar que esta assistindo algo especial; com uma dinâmica e criatividade encantadora.

A atração desta série não pode ser corretamente explicada sem fazer spoiler do enredo, mas pode ser dito que a estória foi projetada de um modo maravilhosamente complicado, com uma mistura sem igual de drama filosófico e comédia excêntrica. Além disso temos uma parte técnica de ótima qualidade: com ângulos imaginativos, boa atuação dos dubladores e coreografia nos momentos de ação, e animação fluindo agradavelmente.

Todavia, o primeiro episódio é de tal forma não-convencional que pode afastar algumas pessoas. E Kyon – cuja perspectiva nos mostra a estória – é um personagem bastante pálido e inanimado em comparação com os demais personagens, ainda que mostre alguns monólogos alegres e sarcásticos. Mas a maior parte do tempo só está olhando ao redor de forma inexpressiva enquanto acontece a ação.

Certos aspectos misteriosos parecem um pouco fora de lugar a príncipio, mas assim que você entende sobre o âmago da estória, haverá de sentir-se fisgado por ela.

(Review por Oryon – Anime Blade)